quinta-feira, 31 de julho de 2014

De repente, 30



Olá.
Nada melhor do que uma data especial para tirar a poeira do blog.
Hoje, completo 30 bem vividos, ao menos na maioria.
Parece clichê, mas vejo essa idade como uma nova fase que se inicia. Já sinto-me mais seguro a fazer coisas que, antes, causavam-me receio. Inclusive, resolvi recentemente coisas que estacionavam minha vida e, consequentemente, este blog que, como já afirmei inúmeras vezes, é uma extensão do meu ser.
Aquele menino tímido da infância; aquele adolescente ainda tímido e confuso; aquele jovem que, aos poucos, foi descobrindo o quando é massa estar ao lado de outras pessoas; aquele jovem determinado, que lutou para conquistar coisas que meio mundo consideravam impossível; aquele que fez disso, um trampolim para diversas outras conquistas; todos eles se juntam ao adulto de 30 anos, maduro, calejado, que já encara com mais naturalidade as adversidades e também as bonanças da vida.
Quando comecei a escrever neste espaço, era apenas um estudante de publicidade fazendo mais um blog de variedades no meio de milhares na blogosfera e que tinha nele seu praticamente único patrimônio (o que nunca achei pouco). Hoje, tenho um emprego bacana, pago minhas contas, continuo fazendo amigos, tenho uma linda namorada e sou feliz em praticamente todas as instâncias de minha vida. E, recentemente, finalmente, depois de idas e vindas da vida, depois de ter sacrificado um pouco a faculdade, pude concluí-la e me tornar bacharel. Sim, minha vida mudou bastante de lá pra cá, e eu também.
Porém, u
ma coisa é certa. Nunca deixei de ser o garoto que olha o mundo como se tudo fosse novidade e que quer sempre renovar o olhar diante da vida.
Tenho orgulho de tudo que conquistei. Sobretudo, das pessoas maravilhosas que passaram e continuam passando pela minha vida. Às vezes, nem sei se mereço certas coisas boas que acontecem comigo, mas agradeço.
E como diria Raul: tenho coisas grandes para conquistar e eu não posso ficar aí parado.
Que venham mais alguns anos.
Para quem chegou hoje, bem-vindos. Para quem já me acompanha, bem-vindos de volta.
Abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A partir de agora, todos podem comentar no blog, incluindo os anônimos. Contudo, para a sua segurança (e para a minha, claro), ele serão moderados. Só passarão os comentários relacionados ao assunto do post. Comentários com ofensas ou agressões não são bem-vindos. No mais, aproveite. Este espaço também é seu. Sabendo usar, não vai faltar.