sábado, 14 de dezembro de 2013

Natal sem Simone 2013: porque a campanha, ao contrário da Simone, não pode parar

Olá.
Já estamos em pleno Natal e, claro, já está rolando, em todo país mais uma heroica e mesopotâmica campanha Natal sem Simone. Campanha esta que é apoiada pelo Ora píulas!

Juro que dou os créditos dessa imagem assim que eu descobrir o autor.
E a campanha é, de fato, um sucesso. Já temos shoppings no Brasil proibindo o famigerado CD 25 de dezembro nas lojas. A expectativa é esse número aumentar.

"You may say I'm a dreamer, but I'm not the only one"

E agora que temos essa frescura de hashtag em tudo o que é rede social, vamos usá-la em favor de uma boa causa. Na virada de 24 para 25, vamos todos colocar #NatalSemSimone no primeiro lugar dos TT's do mundo.
E a campanha, claro, também é offline. Chame os amigos, vizinhos, a comunidade, destruam CD's pen drives, HD's externos e tudo que possa gravar o insuportável "Então é Natal".
Mas, Welton, ficar sem fundo musical no Natal é chato. O que tocar?



Bem, recomendo lindamente o CD de Natal do Michael Bublé. As músicas são tradicionais e muito bem interpretadas que não fazem nenhum autor se revirar do caixão. E o melhor: não tem a deprimente Boas Festas de Assis Valente.
O Ora píulas! deseja a todos os leitores e amigos, um feliz Natal. Sem Simone, claro.
Quem tem ouça, tem pressa.
Abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A partir de agora, todos podem comentar no blog, incluindo os anônimos. Contudo, para a sua segurança (e para a minha, claro), ele serão moderados. Só passarão os comentários relacionados ao assunto do post. Comentários com ofensas ou agressões não são bem-vindos. No mais, aproveite. Este espaço também é seu. Sabendo usar, não vai faltar.