terça-feira, 4 de setembro de 2012

Eu não nasci pra isso...

Olá.
Quanto tempo, não?
Parece que o Capitão Óbvio voltou com força e, junto com ele, Kelly Key (lembram dela)?



Enfim, esta semana, a cantora fez a incrível descoberta que surpreendeu a todos.
“Acho que não nasci para cantar", disse Kelly Key em entrevista.


Pois é. Deve ter sido muito difícil pra ela chegar à essa conclusão. Pergunto-me se ela fez sozinha a descoberta.
Depois dessa declaração que me pegou de surpresa, eu usei minha imaginação e fiz uma simulação de como seria legal se outras pessoas fizessem esse mesmo tipo de descoberta.

"Acho que não nasci pra ser piloto de automobilismo" (Rubens Barrichello, após mais de 20 anos de carreira).
"Acho que nasci pra ser programa de humor" (Zorra Total).
"Acho que eu nasci pra ser jogador de futebol". (Fábio Ferreira, zagueiro).
"Acho que não nasci pra ser prefeito" (José Serra).
"Acho que não nasci pra ser escritor" (Paulo Coelho)
"Acho que não nasci pra ser apresentador" (Faustão).
"Acho que não nasci pra ser cronista" (Pedro Bial, mas também poderia ser o Arnaldo Jabor).
"Acho que não nasci pra ser roqueiro" (Pe Lanza).
"Acho que não nasci pra ser comediante" (Bruno Mazzeo).
"Acho que não nasci pra ser....er...o que é que eu sou mesmo?" (Bruno de Luca)
"Acho que não nasci pra ter conta no Facebook" (Usuário do Facebook que estudou no completo, trabalha na VASP (Vagabundos Anônimos Sustentados pelos pais), compartilha Humor no Face e cachorro morto, acredita que o Facebook dará 5 centavos por compartilhamento a uma criança doente, curte o próprio status e ainda comenta "muito bom. Tem razão").

Que maravilha seria.
É, eu também acho que não nasci pra ser blogueiro. Por isso, encerro agora o post.
Abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A partir de agora, todos podem comentar no blog, incluindo os anônimos. Contudo, para a sua segurança (e para a minha, claro), ele serão moderados. Só passarão os comentários relacionados ao assunto do post. Comentários com ofensas ou agressões não são bem-vindos. No mais, aproveite. Este espaço também é seu. Sabendo usar, não vai faltar.