quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Campanha pela louça pra lavar

Olá.
Nos últimos tempos, as redes sociais tem sido uma ferramenta para disseminação de protestos e indignações por determinadas causas. No âmbito internacional, isso serviu como mídia de apoio aos protestos nas ruas.
O problema é que, aqui no Brasil sobretudo, todo mundo aderiu às campanhas humanitárias virtuais e, salvo raríssimas exceções, ignorou a etapa do "botar a mão na massa". Acabou que virando pura e simplesmente reclamação, mimimi ou, como se usa chamar, sofativismo.
No Brasil, começou com a onda de hashtags no Twitter, como a famosa ( e fracassada ) campanha #forasarney que só causou buzz mas, na prática, não deu em nada a não ser protestos localizados por 5 gatos pingados de cada estado. No mais, o objetivo não foi alcançado. José Sarney não sentiu nem cosquinha.
Porém, a última moda são as campanhas do Facebook em forma de imagens, eventos e coisas do tipo. Para participar é só curtir, compartilhar,  participar e até trocar o avatar. Maaaaaaaaaaaaas, é aquela história. Só fica nisso. Além disso, pode causar irritação de quem não está envolvido com a tal causa defendida por floodar o mural.
Por isso, estou agora lançando a campanha definitiva para as redes sociais.
Porque né, gente? Isso é o que mais tem faltado, a julgar pelo uso das redes sociais de pessoas para reclamações sem fim, sobretudo acerca das atualizações alheias (maiores vítimas de reclamação).
Inclusive, após publicar, já vou trocar meu avatar por um de detergente. Eu não sei se a galera vai aderir, mas que vai causar ao menos curiosidade, isso vai.
Se você concorda, divulga. Disponibilizarei o link para o mesmo.
Participe. Compartilhe a imagem acima clicando aqui e troque o avatar do seu lindo rosto por um detergente.
Abraço.

3 comentários:

  1. Comentei sobre isso ontem lá no Facebook, dobre o caso Rafinha Bastos X Wanessa. O povo fica falando que no Brasil os humoristas são levados a sério e os políticos na brincadeira. Na moral, pr amim já deu isso! O povo só sab reclamar e ninguém faa - com o perdão da palvra - porra nenhuma pra mudar nada! Verddeiros adeptos do 'softivismo', ou 'cdeirativismo', já que a maioria tá sentada numa cadeira na frente do pc. Fazendo o quê mesmo de verdade? Ah nada, só tuitando ou trocando a foto do avatar...

    ResponderExcluir
  2. Riariariarrrr!!! Mas hein... viu que aquela história lá dos avatares de desenho infantil deu certo? Um empresário ricaço se compadeceu da campanha e foi lá e doou um dinheirão pra uma instituição contra violência infantil.

    Mas acaba sendo exceção, né

    ResponderExcluir
  3. Eu já participei de campanha pela melhoria do salário aos professores universitários, mas nada foi conseguido, nada mesmo, e as tags correspondentes ainda foram marcadas como spam pelo próprio twitter. O pior é ver que gente fútil é quem mais reclama desses temas um pouco mais importantes à coletividade, e chega uma hora que a gente também cansa e vai lavar a louça, rsrs.

    ResponderExcluir

A partir de agora, todos podem comentar no blog, incluindo os anônimos. Contudo, para a sua segurança (e para a minha, claro), ele serão moderados. Só passarão os comentários relacionados ao assunto do post. Comentários com ofensas ou agressões não são bem-vindos. No mais, aproveite. Este espaço também é seu. Sabendo usar, não vai faltar.