quinta-feira, 7 de julho de 2011

Batata-frita, mas mantenha o respeito...

Olá.
Parece que o pessoal pró-legalização da maconha ganhou mais um argumento.
Explico o porquê dessa minha suposição a seguir.
De acordo com uma pesquisa da Universidade da Califórnia, alimentos ricos em gordura, como a batata-frita, causam efeitos similares ao uso de maconha.


Para chegar a essa conclusão, alimentos gordurosos foram administrados a ratos. Ao ingerir esse alimento, as cobaias começaram a produzir endocanabinóides, substâncias semelhantes às produzidas pelo uso da droga no organismo. O que, explica o porque das pessoas sentirem cada vez mais vontade de comer alimentos gordurosos, no nosso exemplo, batatas-fritas, num efeito semelhante ao que conhecemos popularmente como larica dos muleque.
Segundo o responsável pela pesquisa, Daniele Piomelli:

''Nós sabemos que comidas gordurosas podem ter um um bom sabor, mas os mecanismo moleculares e sinais por trás dessa resposta eram desconhecidos. Agora sabemos que comidas gordurosas geram um sinal na língua que leva o intestino delgado a produzir as substâncias químicas conhecidas como a maconha natural do corpo humano, que induzem ao consumo de gordura ''


Taí o argumento que os apoiadores da legalização queriam. Se, por um lado, maconha vicia e faz mal ao pulmão e ao cérebro, de outro, alimentos gordurosos viciam igualmente e fazem mal ao coração.
A partir dos resultados de tal pesquisa, cabe a você decidir o que é melhor (ou menos prejudicial): matar seus neurônios ou aumentar os níveis de colesterol no corpo. Vai pensando aí.


"Eu? Eu continuo comendo tudo até a última frita."




"Peraí, gatinha, eu sou careta, não vou comer batata-frita pra comer sua...wawawa."



Para saber mais sobre a pesquisa, leia esta reportagem que nos serviu de fonte.
Abraço.

3 comentários:

  1. Calúnia! Eu largo a batata-frita na hora que eu quiser! Kkkk!

    ResponderExcluir
  2. Ou seja, o mais inteligente é não consumir NEM maconha NEM batata frita.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo27/11/11

    até parece que eu acredito

    ResponderExcluir

A partir de agora, todos podem comentar no blog, incluindo os anônimos. Contudo, para a sua segurança (e para a minha, claro), ele serão moderados. Só passarão os comentários relacionados ao assunto do post. Comentários com ofensas ou agressões não são bem-vindos. No mais, aproveite. Este espaço também é seu. Sabendo usar, não vai faltar.