quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Evite que a bebida entre e a verdade saia em 140 caracteres ou mais

Olá.
Você é ou conhece aquele tipo de pessoa que gosta de sair pra beber todo fim-de-semana e volta totalmente loucool para casa. E ao chegar, a primeira coisa que você faz é ligar o computador e sair teclando merda no Twitter e no MSN, que são meios de propagação de informação e até fofoca. Já pensou se, numa dessas embriaguezes, você escreve algo que não devia e vira o assunto do dia seguinte? Terrível, não.
 Welton, eu não quero parar de beber. Maaaaaaaaas, eu também não quero correr o risco de tuitar bêbado e acabar escrevendo merda. Comofas/
Calma, papudim. Tem solução para esse problema e você não precisa se livrar de nenhum dos seus vícios, seu junkie.
Se você é usuário de Firefox (sim, eu estou usando este post também como pretexto pra exigir que você tire o o Internet Explorer da sua vida. É o pior navegador do mundo, vai por mim. Baixe o Firefox.) você pode experimentar este aplicativo que impede que você tuite enquanto estiver muito mamado.  Trata-se do Social Media Sobriety test.



Funciona da seguinte maneira: o carinha ou a dona chega em casa, depois de umas e outras, mas ainda tem coordenação motora suficiente para ligar o computador (se ele já não estiver ligado). Daí, a primeira coisa que ele faz é abrir aba pra Twitter, Orkut, Facebook, My Space, Gazzag (risos), Limão (mais risos) e o caraiaquatro. Com esse aplicativo instalado, o usuário é submetido a testes de sobriedade antes de fazer o login. Caso passe, ele entra normalmente na rede social de sua preferência. Se não, você é impedido de entrar, SEU ALCOÓLATRA LINDO! O melhor é que o programa é simples e você programa de acordo com seus hábitos, programando dias e até horários para o teste funcionar.
Então, doidim réi, que está esperando? Baixe o aplicativo, instale, programe e seja uma alcoólatra ainda mais feliz e despreocupado que o normal. Você encontra o bichinho aqui.
Finalmente um aplicativo para proteger Twitter de bêbado da sua falta de dono. Que beleza!
Então, caro leitor ou leitora que ora seguem essas mal-digitadas, testem aí e depois me contem se funcionou. Eu não bebo e, portanto, não tenho como fazer um teste mais preciso. Maaaaas, já que a Exame disse que funciona, eu acredito. Haha!
Abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A partir de agora, todos podem comentar no blog, incluindo os anônimos. Contudo, para a sua segurança (e para a minha, claro), ele serão moderados. Só passarão os comentários relacionados ao assunto do post. Comentários com ofensas ou agressões não são bem-vindos. No mais, aproveite. Este espaço também é seu. Sabendo usar, não vai faltar.