sexta-feira, 17 de setembro de 2010

E as propostas para o sexo, candidatos?

Olá.
Estamos em plena época eleitoral. E por todo lado ouvimos promessas para a saúde, a educação, a moradia e o emprego. Até aí, tudo certinho. Maaaaaaaaaaas, os governantes esquecem, em suas propostas, de algo muito fundamental para uma vida feliz em sociedade.
Aí você pergunta: o que seria isso, Welton?
É o sexo, gente.
Isso mesmo. Pode reparar que nenhum candidato tem proposta nenhuma para melhorar a vida sexual das pessoas. Por isso mesmo, muitas delas são infelizes. Ou simplesmente nem tem vida sexual ativa. Ou seja, se por um lado, não temos educação, saúde e moradia para todos, para o sexo, não temos nem as propostas.
Maaaaaaas, como eu sou um cara que preza pelo exercício pleno de cidadania, decidi eu mesmo formular algumas propostas que pensei nestes dias. É claro, você também pode ajudar a reformulá-las e acrescentar outras, se necessário. Vamos as que já preparei:

1. Auxílio-camisinha-com-sabor
Sim, o governo dá camisinha de graça. Parabéns. Só que as mulheres reclamam constantemente do gosto de borracha da camisinhas gratuitas comuns. E vamos combinar: camisinha com sabor é uma boa pros dois lados envolvidos, né? Então, minha primeira proposta é que tenhamos também opções de camisinhas com sabor distribuídos pelos postos de saúde. E não vamos fazer só dois sabores só porque é no SUS. Pretendo chegar a 2014 já com 20 diferentes sabores de camisinha para as boqueteiras os paladares mais exigentes.

2.  Bolsa-lubrificante
Porque nem todas as camisinhas gratuitas vem lubrificadas que preste. E isso pode vir a atrapalhar o sexo seguro. E sabemos que na farmácia é bem carinho e o pai-de-família que ganha um salário não vai poder comprar. Por isso, pretendemos distribuir, a curto prazo, lubrificantes gratuitos nos postos de saúde. A longo prazo, vamos quebrar a patente do KY e vender o genérico.


3. Seguro Dor-de-Cabeça
Todo homem acha um saco quando chega do trampo cheio de amor pra dar à sua digníssima, maaaaaaas aí, a Dona Encrenca se queixa de dor-de-cabeça, deixando ele e seu amigo frustrados. Com o Seguro dor-de-cabeça, o homem garante uma compensação em dinheiro garantida pelo Governo. E a mulher também tem direito a receber tratamento gratuito para a dor-de-cabeça, recebendo 1 cartão de crédito custeado pelo Estado.

4. Seguro-Brochada
Seu marido não comparece? Não tem dinheiro pra comprar a azulzinha pro maridão? O governo garantirá, caso meu projeto seja aprovado, uma compensação em dinheiro à esposa/namorada que passar por esse constrangimento. E também garantiremos tratamento gratuito ao seu companheiro meia-bomba, cara mulher brasileira.


5. Bolsa Playboy
Também estamos atentos e  preocupados com a vida sexual dos jovens. Por isso, o governo abrirá financiamento para os jovens de baixa renda adquirirem a Playboy do mês. Afinal, sabemos como essa revista é cara.

6. Bolsa Consolo
Também pensamos nas mulheres de baixa renda que  não tem homem no momento ou simplesmente não querem esperar que apareça um para obterem prazer sensual. Por isso, o governo oferecerá financiamento para toda mulher desfavorecida poder realizar o sonho do dildo próprio. Mulheres de baixa renda que possuem dedo menor que 3 cm receberão de graça.

7. Seguro rim
Se você gosta de sexo pago, saiba que você corre grande risco de voltar pra casa sem um dos rins. Por isso, o governo oferece um seguro para quem tiver a infelicidade de ser doador involuntário de orgãos ter ao menos uma compensação em dinheiro se não puder ter o rim de volta.


8. Seguro travesti
Já pensou você, após umas e outras, sai com uma dona e depois, descobre que ela é uma dama de paus? E pra completar, ela, ele, sei lá, ainda quer receber pelo programa? Triste, não? O governo garante uma ajuda em dinheiro pra você sair dessa ileso. Atenção: válido somente pra quem realmente pegou travesti por engano. Quem gosta de comer um viado não pode ser beneficiado por um programa desses. Vamos combinar.

9. Seguro-Cabaço
Não é constrangedor quando você descobre que já inauguraram o terreno de sua recém-digníssima antes da pessoa do seu amigo? Pois é. A má notícia é que não podemos trazer o cabaço de sua esposa de volta, maaaaaaas, podemos garantir uma compensação em dinheiro e indenização por danos morais da família dela. Atenção: se você já casou sabendo, problema seu, não do governo.

10. Bolsa-anticoncepcional
Sabemos que muitas gravidezes indesejadas acontecem porque o anticoncepcional é caro. Seja qual for o método, garantimos uma ajuda de custo para mulheres de baixa renda que não dão valor à camisa-de-vênus.


11. Despedida de solteiro comunitária
Se você não tinha dinheiro nem pra juntar os trapinhos com o seu gato véi e deseja uma despedida de solteiro, o governo vai promover uma despedida de solteiro comunitária, a exemplo do que já acontece com casamentos,  para homens de baixa renda.


12. Bolsa Lua-de-Mel
Sabemos com é difícil um casal de baixa renda passar a lua-de-mel num lugar que não seja um motel barato na Barra do Ceará (piada interna de Fortaleza), por exemplo. Por isso, o governo vai garantir que os liseiras também tenham o direito de viajar a lugares paradisíacos para já começar bem uma feliz vida conjugal.

Belas propostas, não? E são tão simples de realizar. Basta vontade política.
Se os políticos adotarem essas propostas, teremos um Brasil melhor.
Fica a dica, candidatos. Eu nem vou cobrar pelo uso de minhas propostas. Só quero, enquanto cidadão consciente, contribuir pra melhorar a vida do povo.
E vamos votar direito, gente.
Abraço.

Um comentário:

  1. hahahahahHAHAAHAHAHhhahahaahhaHAHAHAHAHAHAhahahahahHAHAHAHAHhahahahahahah

    Ócio, se encontra nas grandes cabeças desde 5000AC

    ResponderExcluir

A partir de agora, todos podem comentar no blog, incluindo os anônimos. Contudo, para a sua segurança (e para a minha, claro), ele serão moderados. Só passarão os comentários relacionados ao assunto do post. Comentários com ofensas ou agressões não são bem-vindos. No mais, aproveite. Este espaço também é seu. Sabendo usar, não vai faltar.