quinta-feira, 29 de julho de 2010

Fail Futebolístico 5 : Cavadinha fail

Olá.
Muito se falou em paradinha durante todo este ano, maaaaas, recentemente, a sensação do momento é mesmo a cavadinha, graças ao atacante uruguaio Sebastian Abreu, o famoso "Loco Abreu".
Tudo começou na própria seleção uruguaia, quando Loco fez um gol de pênalti usando o recurso. Posteriormente, no Botafogo, ele fez o gol do título alvinegro repetindo a cobrança diferente, que passou a ser conhecida desde então como "a cavadinha". A cavadinha, já famosa no Brasil, ganhou repercussão mundial com a cobrança de Loco na disputa de pênaltis contra Gana, na Copa do Mundo, que resultou em gol e classificação uruguaia.
E a partir daí, muitos atacantes resolveram aderir à moda da cavadinha, como o islandês do post passado.
O problema talvez tenha sido esse: todo mundo se achou credenciado a fazer a tal cavadinha em cobrança de pênalti, o que veremos que não é toda a verdade.
Foi o que aconteceu agora na primeira partida da final Copa do Brasil 2010 entre Santos x Vítoria que acabou de acabar no momento em que escrevo. Santos ganhou, maaaaaaas, vai ter um lance da partida que eles vão preferir esquecer.
O lance foi o seguinte: pênalti a favor do Santos. Neymar vai pra cobrança. Ele resolve dar a cavadinha e...
Bem, é melhor você mesmo ver:



É, Neymar. Essa com certeza, foi a cavadinha mais fail ever!

Maaaaas, como eu sou camarada, vou colocar aqui a cavadinha correta pro Neymar assistir e aprender. Aprende com quem sabe, Neymar!



Tá vendo, Neymar? É assim que se faz. Fica a dica pras próximas cobranças Você é jovem e ainda tem muito o que aprender.
Abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A partir de agora, todos podem comentar no blog, incluindo os anônimos. Contudo, para a sua segurança (e para a minha, claro), ele serão moderados. Só passarão os comentários relacionados ao assunto do post. Comentários com ofensas ou agressões não são bem-vindos. No mais, aproveite. Este espaço também é seu. Sabendo usar, não vai faltar.