segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Senhor, abençoai a corrupção!

Olá.
Quando a gente pensa que já vimos todos os escândalos possíveis e imagináveis de corrução neste país, eis que deparamos com mais uma.
Agora envolvendo o DEMo.
O governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda é acusado de envolvimento num esquema de compra de votos e pagamentos de propinas, no episódio que ficou conhecido como "o mensalão dos Democratas".
A desculpa esfarrapada justificativa dada por Arruda é que o dinheiro seria destinado à compra de cestas básicas e panetones a famílias de baixa renda de Brasília. Ahan, Cláudia, senta lá!
E hoje, vários vídeos gravados com ou sem autorização da justiça com os flagrantes dos subornos foram divulgados. Teve até um que fez a linha "acessor do deputado Guimarães" e guardou dinheiro na meia:



"-Tou só separando o do ladrão.
-Mas tu é ladrão também, má!
-Por isso mesmo."

Maaaaaas, entretanto, nada se comparou ao que estes deputados fizeram.
Eles, como corruptos tementes a Deus, não esqueceram do Pai na hora de agradecer pelo dinheiro recebido:



"Somos fracos, somos imperfeitos, mas não somos nem bestas! Aleluia, Jessus!"

E os outros filhos de Deus que se lasquem, né?
É rir pra não chorar mesmo. A que ponto nós chegamos? O pior é saber que eles estão lá também graças ao povo que o elegeu.
Por isso que eu nunca vou cansar de fazer meu apelo aqui. Vamos votar direito, povo. Pesquise a vida de seu candidatos, verifique se ele tem ou não histórico de corrupção . E não se limite às eleições. Cobre depois. Fiscalize as ações de seu candidato.
Ano que vem já tem outra eleição. Abre do olho, Brasil.
Abraço.

Um comentário:

  1. É dinheiro na cueca, dinheiro na meia...
    Tô vendo a hora que a expressão "encher o cu de dinheiro" vai deixar de ser só sentido figurado...

    ResponderExcluir

A partir de agora, todos podem comentar no blog, incluindo os anônimos. Contudo, para a sua segurança (e para a minha, claro), ele serão moderados. Só passarão os comentários relacionados ao assunto do post. Comentários com ofensas ou agressões não são bem-vindos. No mais, aproveite. Este espaço também é seu. Sabendo usar, não vai faltar.