quinta-feira, 19 de março de 2009

Com Roberto Fernandes é assim: ou honra o calção ou põe vestido.

Olá.
Quem acompanha futebol, sabe que ele não é só feito de jogadores. Existe a figura do treinador (ou técnico) para "reger a orquestra". Dependendo do talento desse, um time pode ser um sucesso ou um fracasso. Maaaaaaas, em caso de fracasso, o treinador é o primeiro (e às vezes, o único) que dança.
E é de olho na permanência no cargo e, quem sabe, na estabilidade neste, que os milhares de treinadores espalhados usam os mais variados métodos de trabalho para extrair o melhor de seus jogadores e obter os tão sonhados resultados positivos em campo.
É claro que, alguns métodos ou filosofias de trabalho usadas pelos treinadores chegam ao nível do questionável.
Um exemplo recente é um castigo que o técnico do Figayrense Figueirense, Roberto Fernandes está aplicando em jogadores que apresentam mal desempenho nos treinamentos. Quem apresentar baixo rendimento nos treinos do Figayra, terá de treinar o dia seguinte todinho de vestidinho rosa (ui).
E a determinação do professor Roberto já fez a primeira vítima: o meia Jairo.

.................................................................."Tou boua, gentchy?"

E, vamos combinar gente: é um castigo tanto pra quem veste quanto pra quem vê. Não existe coisa mais rídicula que macho de vestido.
Pois é cara. Já pensou se a moda pega. Acho que os jogadores de outros clubes ficaram preocupados, temendo que os seus treinadores façam o mesmo.
Ops, quero dizer, nem todos:

"Punição? Não acho. Eu atorarian treinar de vestido rosa-chegay. Treinaria muito mais motivada! Vou pedir agora pro teacher Muricy para eu passar a treinar belíssima de vestido a partir de hoje. Assim, eu poderei dar muito mais nos treinamentos!"

Não resisti, Raquel. Tive que colocar o Ricky no post de novo.
Vamos pelo menos rezar para que eles treinem melhor mesmo para que ninguém precise ser punido.
E, treinadores, não vão repetir essa estupidez. Ao meu ver, não resolve nada. Ao contrário, pode derrubar a auto estima dos jogadores e isso não é bom para os clubes.
Fica a dica.
Abraço.

6 comentários:

  1. ola
    kara mt bacana o seu blog
    parabens irmao
    mt bom mesmo
    abs

    ResponderExcluir
  2. Pode ser engraçadinho e td mais...para quem esta de fora...

    Mas acredito que seja necessário muito mais do que espírito esportivo e bom humor pra passar por uma situação constrangedora como essa.

    n sei nao se isso nao pode acabar até em um processo.

    belo post, welton e obrigada pela visitinha ali>>>

    bjao!!

    ResponderExcluir
  3. kkkkkk

    Esse Welton, sinceramente essa coisa de usar o "Rick" me faz rir. Quando o vi de novo aqui nesse post achei que ele havia virado marca registrada pra essas alugações. Na verdade, já é.


    Ah, vai? vestir vestido rosa nem é um castigo tão ruim assim.

    ResponderExcluir
  4. não é ruim pra tu que é mulher, né, cara pálida?

    ResponderExcluir
  5. O que um cara desse diz pra filha ou filho pra explicar a aparição dele no JN de vestidinho e correndo atras da bola?!?!

    rsrs

    ResponderExcluir
  6. Super homofóbica a atitude. Machista,patriarcal, tudo de ruim.

    ResponderExcluir

A partir de agora, todos podem comentar no blog, incluindo os anônimos. Contudo, para a sua segurança (e para a minha, claro), ele serão moderados. Só passarão os comentários relacionados ao assunto do post. Comentários com ofensas ou agressões não são bem-vindos. No mais, aproveite. Este espaço também é seu. Sabendo usar, não vai faltar.