segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

A volta dos que nunca foram: Sarney na presidência do Senado.


Olá.
Eu juro que quando vi essa notícia, eu achei que tava vendo notícia velha.
Maaaaaaas, o pior é que ela é atual.
Pois é, diz aí que o ex-presidente da República, senhor José Sarney, após um período longe da presidência do Senado, assume este mesmo cargo pela trocentésima vez.
Para quem não sabe, o grande cacique maranhense ( e que ainda deu um jeito de ser cacique também no Amapá) já exerceu a presidência da casa em duas outras oportunidades: em 1995-1997, ainda na gestão do filho de uma égua do Fernando Henrique Cardoso, e em 2003-2005, já no governo Lula. Em ambas as gestões, o sr. Sarney e o PMDB estiveram na base governista.
Sim, Welton. Onde você quer chegar com esse post?
Ora, se o Zé Sarney esteve na base dos dois governos, bem como o PMDB como um todo, isso quer dizer que eles não passam de oportunistas, meu caro. Eles não tem compromisso com o povo e sim com a manutenção do partido, de seus parlamentares e de seus interesses no poder. E como o PMDB sempre elege mais deputados e senadores do que qualquer partido, eles conseguem exercer alguma influência sobre o poder executivo. Lembre-se que quem faz, aprova ou rejeita as leis são o pessoal do Legislativo.
Por isso, podemos chegar também à conclusão de que teve pouquíssima mudança do governo do PSDB para o governo petista no que diz respeito às relações de poder em todas as esferas, embora o governo Lula foi muito mais benéfico ao Brasil que o desastroso governo do senhor FHC. Maaaaas, na prática, quem ainda dá as cartas é o pessoal do PMDB.
E assim deve continuar, caso o povo não desperte para o seu dever cívico de cidadão e se envolver mais com a política que, querendo ou não, gostando ou não, é o que rege as nossas vidas. O que os políticos fazem e deixam de fazer com nossa cidade, nosso estado e nosso país é sim, um problema nosso.Tudo começa pelo voto consciente, claro. Maaaas, o brasileiro tem que seguir o exemplo de muito outros países e ir além do voto.
Fica a dica.
Abraço.

4 comentários:

  1. Infelizmente isso aconteceu. Serve para mostar que ninguém usa a memória e o senso crítico que tem.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Esse Sarney é uma sarna pro Brasil se coçar. E tem a Roseana também, Xeçúis Ãmato! Só a morte desses seres repugnantes é que alivia a política desse Brasil (não vê o ACM)... mas aí eles deixam um herdeiro, e fode tudo de novo (não vê o ACM Neto).

    Aqui em Mato Grosso de Baixo tem um assim também: Pedro Pedrossian. Governou e foi senador do estado trilhões de vezes. Morreu. Deixou em seu lugar o Edmar, neto dele. Por enquanto o moleque é só vereador de Campo Grande (claro, só tem 22 anos)... mas espera ele pôr as manguinhas de fora... quemedo!

    ResponderExcluir
  3. E eu falo que eu morro e não vejo tudo?!
    Só por Deus mesmo.. aff!

    Mas é aquela né.. fralda descartável e políticos, sempre tem que ser trocada pela mesma razão. Alguma cagada.

    ResponderExcluir
  4. Shiryu!
    finalmente ressuscitei o blog
    heheheh
    por sinal, trata da mesma temática aqui do seu
    e, sim, concordo com vc
    querendo ou não temos que estar de olhos sempre atentos e a mente sempre no lugar!
    =D
    essa calhordada aí da política é que nem panela no fogo
    ou vc mantém a atenção ou eles queimam tudo
    tudo não: só o dinheiro do povo.
    e eles acham que é "só" msm...
    afinal, o que são milhões na cueca?

    ResponderExcluir

A partir de agora, todos podem comentar no blog, incluindo os anônimos. Contudo, para a sua segurança (e para a minha, claro), ele serão moderados. Só passarão os comentários relacionados ao assunto do post. Comentários com ofensas ou agressões não são bem-vindos. No mais, aproveite. Este espaço também é seu. Sabendo usar, não vai faltar.