terça-feira, 4 de novembro de 2008

Teorias da Conspiração: mala preta na F1?


Olá.
Retomando o assunto do post passado.
Pois é. Mesmo com uma corrida totalmente favorável a Felipe Massa, o título acabou ficando com Lewis Hamilton aos 45 do segundo tempo, com o juiz já pedindo a bola.
E tudo porque um certo piloto de nome Timo Glock decidiu recolher-se à sua insignificância e deixar o inglês passar.
Assista aqui as últimas voltas:



Não é querendo dizer que Hamilton não merecia de jeito nenhum o título. O problema é que Glock pareceu, pelo menos à primeira vista, bastante acintoso em sua tirada de pé na última volta, quando Felipe até já comemorava o título.
E a imprensa espanhola até já diz com todas as letras que a ultrapassagem foi negociada e que Glock tirou o pé de propósito.
Bem, vamos tentar analisar friamente.
Primeiro vamos expor os argumentos que inocentam Glock.
Quando começou a chuva perto do fim da prova, a maioria dos pilotos optou por colocar pneu de chuva. Glock manteve o pneu pra pista seca. E, quando você anda com pneu pra pista seca na chuva, é a mesma coisa que você andar num piso de azulejo molhado com sandália Havaianas velha. Daí, Glock teve dificuldades em pilotar, o que legitimaria a ultrapassagem de Hamilton.
Além disso, é sabido que a imprensa espanhola é "pró-Fernando Alonso", piloto do país. E Fernando Alonso é brigado com Lewis Hamilton por causa dos desentendimentos da temporada passada, quando os dois eram companheiros de McLaren. Ou seja, eles são suspeitos para falar do assunto.
Maaaas, segundo as palavras do jornal:"na volta anterior, com os mesmo compostos, (Glock) foi apenas três segundos mais lento do que a STR e a McLaren". E ainda: "foi curioso o fato de Jarno Trulli (também da Toyota) ter feito exatamente o mesmo tempo de Glock, 1m44s, na última volta. Como se desde os boxes tivessem freado os motores na mesma etapa final para evitar possíveis suspeitas". E como eu disse, a tirada de pé me pareceu acintosa e a ultrapassagem se deu exatamente na última curva, quando já se sabia que Felipe tinha vencido a corrida. Daí Hamilton ultrapassa Glock e faz a conta certa pra ser campeão.
E o resto da história você conhece: o inglês fora campeão e Massa teve que se contentar com a vitória em casa.
Como eu disse, Hamilton mereceu o título por ter feito uma temporada perfeita, além de contar com os erros da Ferrari que foram decisivos. Maaaas, devemos parabenizar Massa, que, mesmo com os problemas, ameaçou o título do inglês até o fim. E dá pra confia em título dele sim. Afinal, Massa é jovem ainda. Já é um grande piloto. O título virá naturalmente.
Maaaaas, vamos combinar. Glock devia ter dificultado sim. Até pra mostrar serviço para, quem sabe, atrair a atenção de uma equipe melhor.
A não ser que ele esteja de olho em uma futura vaga na Mclaren. Sabe como é, uma mão lava a outra...hehe.

Entrevista de emprego. Ron Dennis: " Seu currículo é muito bom. Fala dois idiomas, é formado, já tem experiência como corredor e ainda ajudou nosso piloto a ser campeão"; Glock: "eu agradeço a oportunidade e gostaria muito de trabalhar na sua empresa"; Ron Dennis: " Pode ir agora. A gente vai entrar em contato com você para dar uma resposta!"; Glock: "Muito obrigado!"



E é importante parabenizar o Vettel. Ele bem que tentou ajudar o Brasil. Pena que esqueceram de combinar com o Glock também............................................................................."Danke(*), Brasil!"

Mas ano que vem vai dar certo.
Abraço.

PS: A mandinga do CQC produziu o efeito contrário. Ao invés da camisa do Vasco dar azar o britânico, Hamilton foi que deu sorte ao Vasco. O time da colina venceu as tricoletes por 1x0.

............................................................................"Obrigado, Hamilton."

(*) Danke: obrigado, em alemão.

5 comentários:

  1. Oi!!!
    Cara, não entendo nada de Fórmula 1!
    Só sei que os pilotos são lindos, pelo menos a maioria deles... rsrsrs...
    Obrigadinah pela visita no My Freedom!!!
    Seja sempre bem vindo!

    ResponderExcluir
  2. Não esqueça daquele erro da Ferrari com o dispositivo e a mangueira que ficou presa ao tanque. Se ano que vem a Ferrari não errar como errou esse ano, ninguém tira o campeonato do Massa.
    Sim, porque o Hamilton não foi melhor - aaaah, não foi mesmo! Quem foi mal foi a Ferrari, pois o Massa esteve bem o tempo inteiro, errando bem menos que a própria equipe.

    ResponderExcluir
  3. oiii!! apareci aki...!! Tenho q confessar minha dificuldade de comentar no teu blog.., principalmente qdo vc fala de algum esporte.. já fui mais por dentro do mundo dos esportes hj em dia, tô fraca!! :)
    mas enfim... enquando um mundaréu de gente da minha família tava vibrando durante a última curvinha da corrida, eu estava dormindo.. (na verdade acordei com os gritos!) daí veio a decepção do povo.. e eu levantei pra conferir... primeiro pensei: áh, esse povo de fórmula 1 estão todos com a vida ganha! (tava de mau humor depois q me acordaram;) mas depois fiquei com pena do Massa pq ele deve ter se esforçado pra caramba... e concordo com o seu post, deve ter sido combinado mesmo...!!
    beijos, até!!

    ResponderExcluir
  4. bom, eu fiquei sentida.. mas Massa é bom, e tomara que ano que vem os erros não se repitam...
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Num gosto de formula 1. Naum acho interessante correr perigo a toa.

    ResponderExcluir

A partir de agora, todos podem comentar no blog, incluindo os anônimos. Contudo, para a sua segurança (e para a minha, claro), ele serão moderados. Só passarão os comentários relacionados ao assunto do post. Comentários com ofensas ou agressões não são bem-vindos. No mais, aproveite. Este espaço também é seu. Sabendo usar, não vai faltar.