quarta-feira, 16 de julho de 2008

Começou a besteira eleitoral


Olá.
Bem, vocês já devem estar notando que a propaganda eleitoral para prefeito e vereador já começou. E é aquela história: é muro pintado, é carro de som com paródias ridículas falando de candidatos e números. Começa a mobilização de candidatos e cabos eleitorais para obterem o seu precioso voto. E embora eles sempre dizem que não vão sujar a cidade, eles a sujam com panfletos, santinhos. Ou seja, poluição em todos os níveis, desde o ambiental(pois gasta-se muito papel, o que significa mais árvores derrubadas), visual (por causa dos muros pintados e dos outdoors) e sonora devido aos carros de som e dos comícios cidade afora.
Um fato observável é que aparecem, nesse período, trocentos candidatos, muitos dos quais a gente nunca viu mais gordo e que esperam convencer a gente a votar neles apenas sabendo seu nome, seu número e nada mais. Outros são candidatos muito bem conhecidos (alguns envolvidos em falcatruas e que se beneficiam da falta de memória dos eleitores) . Alguns querem ser reeleitos, e fazem obras localizadas, especialmente em época eleitoral, para parecerem que são bons governantes.
E, a partir do dia 19 de agosto, vai começar a propaganda também na TV e no rádio. E aí entram todos os apelos audiovisuais para ganhar o seu voto. É aí que você percebe a corrida pelo pleito é tão desigual quanto a própria sociedade, pois ela privilegia os partidos com mais recursos financeiros, que são justamente aqueles que estão no poder. Aos partidos menores, cabe um tempo menor para divulgar seus candidatos (alguns desses só dispõem de segundos). Ou seja, acaba-se elegendo o partido que tem maior tempo do programa eleitoral, que possuem mais grana para pagar produtoras. Por isso que você vê os mesmos caras no poder sempre.
Aliás, o processo todo é assim. Se você é um candidato de um partido pequeno você nunca reunirá votos suficientes para se eleger, a menos que você já tenha fama em outra área de atuação. Por, exemplo, Clodovil conseguiu votos suficientes para ser eleito apenas pela fama que já tem. Se dependesse só de seu partido, nunca entraria.
Felizmente, existe uma lei eleitoral rigorosa, que limitou certos abusos que são cometidos em propaganda e campanhas eleitorais, como propaganda antecipada, distribuição de brindes e showmícios com artistas famosos. E pode impedir a posse de quem infringir a lei.
Maaaas, mesmo com uma lei tão boa, a palhaçada na política ainda não acabou.
Por isso, nós eleitores temos que votar de forma consciente. Conhecer o passado do candidato, sua atuação, se tem antecedentes de corrupção ou de crimes, se compra votos, se usa a máquina pública em benefício próprio. Enfim, é uma escolha séria. E você deve fazê-la do mesmo jeito que você escolhe um carro, uma faculdade, a escola de seu filho por exemplo. E não votar em candidatos engraçadinhos (como o Clodovil, por exemplo) para fazer "voto de protesto". Voto de protesto, pra mim, é votar em gente honesta, que vai lutar pelo povo acima de tudo. Acredite, candidatos honestos existem. É só pesquisar a atuação dos políticos que você encontra esse cara.
Bem, enquanto a eleição não chega, vamos tentar suportar essas campanhas eleitorais, boa parte delas ridículas. E assistam o horario eleitoral pra rir um pouco também, já que muitos deles fazem do programa eleitoral um show de humor (maaas, não votem nesses caras, por favor!).
Abraço.
PS: Ah, sim! A figura acima é só brincadeira. Não estou candidato a nada!

6 comentários:

  1. E se eu te disser que fui chamado pra fazer campanha?

    sduashduashd

    Medo, cova dos leões total.

    ResponderExcluir
  2. Num é que ficou com cara de vereador mesmo!

    ResponderExcluir
  3. Cara, sobre a questão das paródias de músicas da moda, quero ver se alguém vai fazer tipo, com a música do créu... Já pensou, associar o número do candidato às velocidades? haha...

    ResponderExcluir
  4. hehehe eu votaria em vc...
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Fala, garoto! Tudo globeleza? Agora, começa a sessão de risos...cada figura...mas, atenção: que o riso não se transforme em choro! Abs

    ResponderExcluir
  6. ainda bem...

    brincadeira=D

    voto de protesto de fato é votar em gente honesta, agora me diz quem? Oo

    ResponderExcluir

A partir de agora, todos podem comentar no blog, incluindo os anônimos. Contudo, para a sua segurança (e para a minha, claro), ele serão moderados. Só passarão os comentários relacionados ao assunto do post. Comentários com ofensas ou agressões não são bem-vindos. No mais, aproveite. Este espaço também é seu. Sabendo usar, não vai faltar.