quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Foi o orkut que mandou.

Olá.

Mais uma do orkut.

Estava eu indo divulgar este blog (afinal, tenho maior trabalho pra escrever, quero que alguém leia) na página de scraps de uma amiga. Como sempre, o orkut mandou a seguinte palavra pra eu digitar:


Eu, naturalmente, encarei isso como um pedido. É isso que o orkut quer de nós. Que a gente fuce. Que graça tem ter um orkut e não poder olhar os dos outros? Vai entender esse povo. Coloca coisas num site público e não quer que ninguém veja.

Mas o ser humano é contraditório mesmo. Desisti de tentar entendê-los.

Era só isso mesmo.

Abraço.

4 comentários:

  1. O ser humano é um enigma... sempre se contradizendo.

    Ora pílulas,
    tem gente q acha "charmoso" tornar confidencial informação em site público... pura babaquice.
    Parece artista de segunda categoria dizendo "ai, eu quero preservar a minha intimidade"...
    Então... não faça orkut

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Orkut é uma potencial arma de vicio e degradação humana, rendição ao capital e a alienação.

    E sim, sou viciado, degradado, capitalista selvagem e claaaro, alienado!

    ^^

    ResponderExcluir
  3. Ao capital,não! Afinal,ninguém ganha dinheiro com o orkut.
    Qto a alienação, depende...

    ResponderExcluir
  4. Shiryuuuuuuuuu,
    resolveu fazer um blog,
    oba!
    =)

    ResponderExcluir

A partir de agora, todos podem comentar no blog, incluindo os anônimos. Contudo, para a sua segurança (e para a minha, claro), ele serão moderados. Só passarão os comentários relacionados ao assunto do post. Comentários com ofensas ou agressões não são bem-vindos. No mais, aproveite. Este espaço também é seu. Sabendo usar, não vai faltar.